terça-feira, 25 de maio de 2021

A minha sopa de peixe

Nesta receita utilizei um robalo e um sargo.



Comecei por descama-los, por  lhes retirar as tripas e fatiar em pedaços grandes. 



Em seguida, fiz o caldo de peixe: cozi o peixe durante 10 minutos juntamente com 1 cebola picada, 1 alho francês laminado, 1 folha de louro, 4 dentes de alho picados e 1 cenoura laminada.



No fim, depois de coado, o caldo foi reservado. 


O peixe foi desfiado facilmente. 


Posteriormente, refoguei uma cebola e 2 dentes de alho picados numa panela com um fio de azeite. Acrescentei um tomate fresco, sem pele, em pedaços e um alho francês laminado. 


Fui mexendo lentamente e acrescentando a calda previamente reservada (usei novamente um coador). 


Temperei com sal e com uma malagueta desidratada. 

Deixei levantar fervura e adicionei uma mão cheia de massinhas. 

Para finalizar, juntei o peixe desfiado e alguns camarões descascados que cozeram cerca de 2 minutos. 


Servi com tostinhas e com salsa. 


Bom apetite! 



domingo, 9 de maio de 2021

Robalo ao light rockfishing


 

terça-feira, 30 de março de 2021

RHS are back and on the road!

Fartinhos do confinamento e das restrições sem qualquer cabimento à pesca lúdica, aguardamos ansiosamente pelo dia 5 de Abril!

Atravessamos uma altura em que (infelizmente) se caminha pela marginal da Póvoa de Varzim e mais de metade das pessoas não usa máscara - seja em ritmo de passeio, a correr ou andar de bicicleta - mas continua sem se poder pescar de máscara e com distanciamento de Kms entre pescadores! É inqualificável!

Como cidadãos cumpridores que somos, estamos há vários meses  em síndrome de privação deste hobbie que tanto gostamos... E alguns de nós até já estamos vacinados! Mas regras são regras e mesmo as mais absurdas como as da pesca lúdica estão a ser respeitadas. 

Finalmente, já se vê a luz ao fundo do túnel! 

"Pesca lúdica - plano de desconfinamento:

Podendo a pesca lúdica ser equiparada a uma modalidade desportiva de baixo risco, confirma-se que a referida atividade poderá, de acordo com o Plano de Desconfinamento em curso, ser praticada a partir do dia 5 de Abril, sem prejuízo de o calendário poder ser alterado em função da evolução dos critérios epidemiológicos em Portugal Continental."

Assim sendo, estamos a preparar um regresso em grande! Vai ter de ser bem planeado, respeitando todas as regras de saúde pública, e passará por uma curta viagem de 3 dias em duas rodas, outra das nossas paixões. O destino será provavelmente a Costa Vicentina. Neste momento temos de equacionar duas opcões: 

1. "Soft reset ao disco duro" - viagem de mota até Sines, onde ficaremos alojados num hotel, saindo para pescar e para fazer as refeições em restaurantes ou take-away. 

2. "Hard reset ao disco duro" - viagem de mota até Sines, onde iremos acampar em tendas individuais, tomando banho no mar, em modo "catch and cook". Seria quase um modo "survivor" se conseguíssemos evitar levar os incontornáveis queijo e vinho! 

Por mim deixo já aqui o meu voto na segunda opção, pois tenho o disco duro pior que estragado! 

De uma forma ou outra, tenho saudades da pesca e da malta da pesada! 

Fico a aguardar as vossas decisões e até lá espero que seja feito o baptismo ao "Libertina", também com direito a relato próprio. 

Grande abraço com saudades! 




sábado, 2 de janeiro de 2021

Excelente início de 2021


 

quinta-feira, 17 de dezembro de 2020

Novo logo Robalos Hotspot




 

sábado, 27 de junho de 2020

King's attractant


 

quinta-feira, 21 de maio de 2020

O dia em que reboquei um animal de 100Kg

O dia começava a nascer e já estava dentro de água com o meu amigo Pedro Rodrigues rumo ao primeiro spot. Durante o percurso comentei: "Se lá chego primeiro, já só me vais ver ao longe com um peixe". Foi com aceleração máxima que assim fiz e concretizei o desejo: no primeiro lançamento para o infinito com a minha saltiga matadora, e poucos segundos depois de começar a corricar, já tinha ferrado um robalote jeitoso. Uma luta engraçada, ainda presenciada pelo meu Amigo, que sorriu! Tem ouvido tanta história e visto tão pouco peixe... Ahahahahah!
Com um início tão auspicioso, esperavamos o melhor. Na realidade, não tardou em dar sinal o segundo. O Pedro ferra um peixe, que deu duas toladas e foi dar uma volta. Paciência! Andam por lá e em quantidade! Pouco tempo depois, mais uma ferragem, desta vez com direito a captura, num vinil! Este "Rookie" está on fire!


O dia era claramente bom e o peixe colaborava a sério. Em menos de 15 minutos tínhamos livrado a grade e antevia-se uma jornada memorável.



Infelizmente, o Pedrão colocou mal o pé e fez uma rotura dos gémeos, que nos obrigou a dar a pesca por terminada. Como se já não bastasse esse infortúnio, no regresso ao areal vim literalmente a rebocar o Pedro pelo capuz enquanto ele se deixava flutuar. Mais do que os dois peixes, lembrar-me-ei destas peripécias como o dia em que reboquei um animal de 100Kg!

As melhoras para o Pedrão e que regresse depressa, pois o peixe anda aí e com fartura! 

quarta-feira, 20 de maio de 2020

Desconfinando...

"Arms wide open with the sea as his floor, oh power oh!" - Pearl Jam, Given to fly



Nunca esta música soou tão a propósito. Temos vindo a ser privados de estar onde e com quem gostamos. É uma imperiosidade, por nós, por todos.
Deixamos de privar com Pais, Avós (quem tem a felicidade de os ter), Amigos. Contudo, a tecnologia deu alguma ajuda no sentido de aproximar os fisicamente mais distantes, mas jamais permitirá colmatar a falta de um abraço ou de um beijo... jamais substituirá uma brisa que nos afague o rosto (e a alma), o cheiro da maresia, o sabor salgado de uma onda.

Aos poucos vamo-nos desconfinando... e que bem que sabe!

Voltar a sentir o mar como chão, com os braços abertos para receber a liberdade suspensa em (quase) toda a sua plenitude é, de facto, uma sensação de grande poder!

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Robalo de Outono