sábado, 24 de dezembro de 2011

Quinto dia seguido a dar neles - o Urubu não perdoa!

Andavamos desejosos pela companhia do nosso grande Amigo e distinto membro do Trio da Cueca Molhada - Urubu. Quando finalmente nos pode acompanhar, o mar tinha crescido bastante e estava uma Nortada desagradável. Que grande galo! Tanto eu como o João queríamos muito que o Urubu também molhasse a sopa neste mar abençoado de Natal e logo quando podia o tempo não parecia colaborar...
Foi precisamente isso que constatamos quando eu e o King chegamos à praia, ainda de dia. O Rui viria mais tarde, quando saísse do trabalho. Começamos a pescar com jerkbaits e em pouco tempo guardamo-los de novo no porta-amostras! O mar varria e não dava chances de os animar. Decidimos lançar os ferros num sítio sugerido por mim, onde o mar trabalhava certinho e cheio de espuma e em pouco tempo o King ferrou o primeiro robalo. Como vem sendo habitual nos últimos tempos, só pesca mikis e não fugiu à regra! Ahahahah!
Era um peixe pequeno, mas que nos animou e fez crer que apesar do mar mais pesado, eles não se tinham posto a monte!


Também serviu de motivação extra para o Urubu, que chegou já noite cerrada, para encarar as piores condições de pesca dos últimos dias.
Independentemente do que acontecesse, era uma alegria poder esta ali com os meus dois grandes Amigos, como já não estavamos há muito tempo! A vida prega-nos partidas a todos e são estes momentos que nos fazem esquecer essas partidas e, pelo menos por instantes, abstrair dos problemas.
O TRIO ESTAVA DE VOLTA e AO MAIS ALTO NÍVEL! Que o diga o Urubu, que após alguma insistência engata o tarolo que há muito merecia. Eu tinha a convicção profunda que ele ia tirar o dele, ainda por cima com a zagaia que ele tanto gosta!
O peixe foi trazido até à minha mão com a mestria do costume! O Urubu não perdoa!



Com estes 2 peixes o Trio alcançou uma proeza para mim impensável - foi o quinto dia seguido a dar neles!

Fica uma última foto para a posteridade:


BOM NATAL PARA TODOS!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Satisfeito e incrédulo - 4º dia SEGUIDO a dar neles!

O regresso à cena do(s) crime(s) tinha ficado prometido e era mais do que devido, dada a quantidade e a qualidade dos robalos pescados nos últimos 3 dias.
Estranhamente, as excelentes condições metereológicas pouco ou nada tinham mudado. Quatro dias seguidos propícios à pesca com amostras, em Dezembro, no Norte, é algo de que não tenho memória nos muitos anos em que pesco.
Só há uma coisa a fazer nestas circunstâncias: aproveitar e mandar o aço como se não houvesse amanhã! Ahahaha!

Muito honestamente nem no meu melhor sonho podia passar-me pela cabeça pescar robalos ao spinning em 4 dias consecutivos, mas foi o que aconteceu! Mais! Nestes 4 dias, depois do vídeo dos melhores momentos do ano feito, acabei por pescar o meu maior exemplar do ano e o segundo maior exemplar no dia de hoje!

Uma vez mais, foi quando o sol desapareceu na linha do horizonte e o tom laranja se começou lentamente a fundir com o azul do mar que a adrenalina disparou. A amostra cai na água, arranca na minha direcção e mais um tarolo fá-la disparar em sentido contrário e em direcção ao fundo. O Stella começa a sorrir e eu também! Uns minutos depois estava ao meu colo o meu segundo maior exemplar de 2011!





Tão satisfeito como incrédulo com esta captura, ainda tive tempo de ver o meu Amigo Xavier pescar outro bonito peixe, um pouco mais pequeno que o meu, mas também de porte considerável.

O único amargo de boca foi o facto de o Xavier ter tirado o peixe mesmo ao meu lado, na pedra onde tinha estado o King Petas minutos antes, quando decidiu ir procurar nas rochas 3 amostras que perdeu seguidas devido a um problema com o carreto. É caso para dizer que "o azar de uns é a sorte de outros"! Ahahahah!

Mais dias virão mas parece que o bom tempo está a acabar, pois amanhã já vamos ter vento forte. A ver vamos... Ahahahah! Haverá ainda mais prendas de Natal?

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

HotSpot on fire - três dias seguidos sempre a dar neles!

Como não há duas sem três, hoje voltamos à carga pelo terceiro dia consecutivo. Desta feita, na companhia de 3 grandes senhores da pesca ao Robalo: Valadas Pai, Valadas Filho e "Mãos frias".
Ainda a tarde ia a meio e o Valadas Júnior decide pôr-se ao fresco sob o pretexto de que "o mar não estava a dar jeito". De facto o mar estava pouco mexido e a nortada a aumentar, mas a persistência nos últimos tinha dado excelentes resultados, pelo que eu e o King continuamos a tentar a nossa sorte. Entretanto chegou o nosso amigo Xavier, que no dia anterior também tinha enganado 3 robalotes que libertou.
Já o sol ia baixo e as dores nas costas aumentavam, quando decidi fazer uma pausa para lanchar (umas percebas apanhadinhas na hora). Finalizado o repouso de 5 minutos, substituí o João na pedra onde se encontrava para ser ele a fazer a pausa kit kat. Mal a amostra cai na água, logo no primeiro lançamento, ainda ele não se tinha sentado - "Já esta! Ahahahah! És mesmo nabo! O peixe estava aqui de boca aberta à espera! Ahahahah!" O peixe era quileiro, mas voltamos a lançar cheios de vontade e esquecemos de imediato o cansaço e as dores. Em pouco tempo eu já tinha outro ferrado, um pouco maior. Mal o ponho a seco, a tanga ao King intensifica-se! Ahahaha!


A noite chegava lentamente e com ela o fim da maré vaza, condições mais do que boas, que acabaram por ajudar o vento a cair. Foi nessas condições excepcionais que primeiro eu e depois o King apanhamos mais dois robalos, mas bem mais crescidos. É claro que o meu foi o maior exemplar do dia, pelo terceiro dia consecutivo! Ahahahah!



O nosso Amigo Xavier, que entretanto se abeirou de nós e estava a tirar-me uma fotografia com o maior exemplar, aproveitou estar com a máquina na mão e filmou o João a tirar o dele e eu a ajuda-lo:




A verdade é que esta sequência de três dias seguidos sempre a dar neles ficará na memória, ainda por cima com grandes exemplares em dois deles!

Ficam 2 videozinhos feitos para o desistente Valadas, que foi safar a grade a uns Km de distância:





Será que ficamos por aqui? Já não digo nada! Ahahahah! Se ficar por aqui, não vai ser por falta de insistência, pois amanhã estamos lá!




terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Últimos cartuchos certeiros

Como todos podem verificar postei "Os melhores momentos de 2011" no dia 17 de Dezembro, embora com a ressalva que ainda tinha muita fé nos "últimos cartuchos". Se a pescaria de ontem foi agradável mas sem nenhum exemplar digno de figurar no "best of", hoje a história foi outra... O Amigo Pedro Nunes pediu peixe maior... :) ...já lá vamos!

Saí de casa ainda de noite para ir buscar o Rei João. Guiámo-nos pela tábua de marés online quanto ao nascer do dia e saiu-nos o tiro pela culatra já que o dia nasceu cerca de meia hora antes da hora estimada no dito site. À custa disso começamos a pescar já bem de dia, perdendo uma das alturas de que mais gostamos... Paciência! Pelo menos o mar estava espetacular, com ondas de metro/metro e meio a trabalhar certinho. Os mantos de espuma criavam ilusões e a leve brisa ajudava a sonhar. Lançamento após lançamento comecei a afastar-me do King, que insistiu algum tempo num spot de areia. A verdade é que estava bom em todo o lado e até custava escolher um spot. Fui saltitando de rocha em rocha e lançando aqui e ali, até que um pescador que estava perto de mim engata um bonito robalo ao boião, na casa dos 3 ou 4 Kg. Apesar de não o conhecer, dei-lhe os parabéns e fiquei contente por ver reforçada a minha convicção de que o peixe andava por ali... provavelmente mais fora do que onde as minhas amostras estavam a chegar...
Troquei a amostra pelo buldo e o meu Amigo King, que entretanto me apanhou, emprestou-me um pingalim verde matador. Apesar de muitas tentativas, o peixe teimava em não colaborar. O João começou a desanimar, a dizer que a água estava muito aberta, que o mar tinha caído de mais, que a hora já não era a melhor, que o Cuco nunca mais chegava...
Telefonamos ao Cuco, que ainda estava atrasado e tinha trabalhado 24h, mas que confirmava que ainda nos iria fazer companhia. Quanto mais não fosse por isso, o King ia ficar por ali à espera dele, mas não estava muito motivado. Repeti-lhe vezes sem conta para não desistir, pois um dia como o de hoje era raríssimo nesta altura do ano. Mesmo assim, parou de pescar mais de meia hora depois de perder um ferro! Já eu, mudava de amostra para buldo, de buldo para ferro, de ferro de volta para amostra... e com material da pesada... embora com os mesmos resultados práticos!
Entretanto o nosso Amigo Cuco chegou e fomos os 3 a um spot onde já fui muito feliz no ano passado! Ahahahah! Preparava-me para meter um ferro para habilitar numa zona mais inacessível e disse ao Cuco: "Que se lixe, está pouco mar, vai para lá a Daiwa SP!". Lanço enquanto cantarolava ao vivo e a cores "I´ve got the moves like Jagger", quando sou interrompido pelo drag do meu Stella 6000FA. O Cuco ao meu lado apercebe-se logo e o King vem a correr de longe para ajudar. Peço ao Cuco que tire a máquina fotográfica da minha mochila e que filme, mas com a emoção pensou que não estava a filmar e ficou apenas o registo sonoro com a bela vista de... calhaus! Ahahaha! Mas vale bem pelo registo sonoro e como tal tenho de o partilhar! Aqui vai, sem espinhas e cheio de adrenalina! :)





Ainda pescamos mais uma meia horita e demos por terminada a manhã de pesca.


É importante registar que o peixe foi pescado às 11:30h!

De tarde voltamos à carga sem o nosso Amigo Cuco. Foi a vez do King John safar a grade com um bonito miki - a sua especialidade! Ahahahah! O gesto foi bonito e ficou registado.



Mais uma vez ficou provado que um dos principais segredos da pesca é a persistência e que a melhor hora é aquela em que a amostra passa ao lado da boca do peixe!

Pelo sim pelo não, para o ano faço o vídeo dos melhores momentos do ano em Julho ou Agosto! Ahahahah! E peço ao nosso Amigo Pedro Nunes para pedir robalos maiores! :)

Os últimos cartuchos estão certeiros. Será para continuar? Vamos fazer por isso enquanto o tempo deixar! ;)

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

2011 ainda não acabou!

Como tanto ansiei durante largos dias, hoje as condições metereológicas não foram obstáculo.
Numa altura de crise, não se pode virar costas a uma prenda, mesmo que seja dada pelo meio ambiente. Com o vento a cair e o mar a virar chão quase da noite para o dia, hoje tinha de ir tentar a minha sorte. Assim fiz. Ao fim da manhã fui ver o mar e fiquei agradavelmente surpreendido ao constatar que estava ainda melhor do que era previsto. Falei com o meu Amigo Urubu ao telefone e segui o conselho dele: "Vai mas é já mandar para o líquido! Quem me dera a mim!".
Embora a hora não fosse teoricamente a melhor, pois o Sol já ia alto, fui a tempo de ferrar um bom peixe com a zagaia, mas que após 2 ou 3 cabeçadas se pôs ao fresco... fiquei doente! Os meus Amigos já sabem que prefiro ir pescar e não sentir toque do que perder peixe... mas é mesmo assim: "um dia do peixe, outro do pescador"...

Fui almoçar e de tarde voltei à carga com o Cotinha e o Rei João. Comecei a lançar nos últimos minutos de vazante e não demorou nada a ferrar o primeiro; a Angelkiss cai na água num lançamento largo, dou duas maniveladas e... já está! O peixe era pequeno mas lutador e após um ataque franco, debateu-se com bravura. Mas desta vez ganhou o pescador.


Como diz um grande Amigo meu e Mestre Pescador com os olhos esbugalhados: "É no virar! É no virar!" Ahahahah!
Ainda no virar tive mais um preso, que se soltou...! A azia foi menor do que de manhã, mas voltei a engolir em seco! Depois, o sol pôs-se em menos de 1 hora, o que é algo que acho extremamente deprimente nesta altura do ano. O Cotinha ainda livrou a grade a pescar ao fundo, mas em vez de um sargo quileiro como procurava, saiu-lhe a "fava" - uma boga do mar, entenda-se. Já o Rei João, hoje só ganhou o prémio de melhor salto para a pedra, com um bonito malho, a fazer lembrar o mestre de encarpados para a areia - Cabé, o nosso Comandante XNT (que infelizmente hoje não nos pode acompanhar).

Foi óptimo poder voltar a fazer o que tanto gostamos e comprovar que 2011 ainda não acabou!
Pode ser que os próximos dias de boas condições para a nossa pesquinha nos dêem mais alegrias...

Para terminar ainda tive a alegria de sempre que chego a casa com peixe (independentemente do número e do tamanho):

PS: Esta é a minha filha mais velha. Imaginem quando a mais nova crescer! :) Vou ter mais duas companheiras para ir pescar!

sábado, 17 de dezembro de 2011

Melhores momentos de 2011

Como é apanágio do nosso blogue, no fim de cada ano reunimos fotos e vídeos de alguns dos momentos que mais nos marcaram nas nossas pescarias. Apesar de ainda faltarem 2 semanas para que 2011 acabe e ainda termos muita fé nos últimos cartuchos pois as condições metereológicas vão melhorar nos próximos dias, a compilação acabou de ser feita.
Alguns momentos inesquecíveis constam neste vídeo, mas é impossível reunir muitos outros que ficarão para sempre na nossa memória. A todos os que conosco partilham estas memórias e que nelas participam directa ou indirectamente, o nosso muito obrigado! Bem hajam!

Seguem-se (alguns) dos "Melhores momentos de 2011":



Aproveitamos esta súmula de momentos especiais para desejar a todos aqueles que nos seguem e lêem que o ano de 2012 proporcione pelo menos vivências tão boas como estas e, já agora, um Feliz Natal!

Haja Saúde!

sábado, 10 de dezembro de 2011

Robalos com "R" e "V" maiúsculos

Seguem-se 2 fotografias de 2 Robalos com "R" maiúsculo, pescados por um dos maiores, senão o maior pescador de robalos que conheço - o Mestre Valadas (com "V" maiúsculo também).



Nestes primeiros dias de Dezembro, com mar forte, estes dois verdadeiros tarolos não foram os únicos que pescou, mas pelo seu tamanho considerável merecem um lugar de destaque!


Obrigado Amigo Valadas pelas lições e Amizade! ;)

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Robaloshotspot renovado

Pois é amigos, a imagem do Achigã no "Robaloshotspot" não encaixava nada bem!
Assim sendo, teve direito a "cara nova", "site novo" e "passeio da fama".
O novo domínio é mais curto e mais facilmente acessível:

www.robaloshotspot.com


Espero que gostem tanto quanto eu.

Boas pescas!