terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Robalo no lusco-fusco

Depois do Tronco de Natal, e já com os estômagos  aconchegados do dia da Consoada estava na hora de matar o vício e ir lançar uns plásticos para a água. Combinei com o Zé Pedro fazer-mos o final do dia num spot perto de casa, e assim foi.

Fui o primeiro a chegar ao local, e as condições prometiam apesar do ligeiro vento que se fazia sentir. Lançamento atrás de lançamento, amostra atrás de amostra e nem sinal de peixe.  Entretanto chegava o Zé Pedro,  eu tinha-lhe dito que tinha apanhado um peixe e que o peixe estava numa pedra escondido. Ele bem que andou lá à procura mas só viu rocha. Ahahahah



Com a maré a encher, o mar crescia com ela e a cada passo eramos obrigados a fugir senão levávamos banho...
Já quase sem luz decido recorrer a uma "velha amiga", que já muitas alegrias me deu. Não foi preciso esperar muito, ao segundo ou terceiro lançamento tzzzzzzzz já cá estava um . Ainda deu um bocado de trabalho em virtude do sítio, mas não tardou estava a ser fotografado ;)



Ainda mudamos de sítio, mas em virtude do vento que se fazia sentir, e do facto de eu estar com o fato de treino completamente encharcado, demos por terminada a pescaria.




Foi mais uma bela tarde de final de ano, que começava a dar belos indícios de que o peixe ia começar a colaborar.

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Tronco de Natal

Como já vem sendo habitual, desde que o mar o permita é claro, o dia 24 é significado de pesquinha entre Amigos na procura de uma prenda de última hora. O Urubu conta sempre para animar as hostes que o seu maior robalo foi capturado no dia 24 e às 13horas, a moral já é grande por estarmos todos juntos, com memórias destas, já só queremos mesmo é ir mandar o aço! Desta feita tivemos a companhia do Prof.Xina, aka Xinante Atmosférico que sentiu remorsos por ter dado cabo do arroz todo do Jantar de Natal, e decidiu acompanhar a malta. ahahahah
 
Ficou combinado às 7 no pesqueiro, e o Zé Pedro iria apanhar-me em casa às 6:45. 6:45 aparece ele, que me diz que ainda tem que ir a casa porque se esqueceu do carreto e das amostras..... Pescador de rio é assim. eheheh Chegamos com um ligeiro atraso ao pesqueiro mas ainda não lá estava ninguém, o Urubu ficou combinado que só iria aparecer mais tarde, e o Xinante ainda ficou mais 5minutinhos na cama. Equipamento pronto, fato vestido e aparece o Xinante.... Rapidamente estavamos prontos para tentar a nossa sorte.
   
Assim que avistámos o mar, as condições estavam reunidas para uma boa pesca, apesar do mar apresentar ainda alguma força - Mar de Tarolo ;).
Primeiros lançamentos e nada nem toque, perco logo uma zagaia.... Começou mal! Apesar das excelentes condições o peixe teimava em não aparecer. Num lançamento longo, com o auxílio do vento, sinto uma prisão.... e começam as cabeçadas TUM TUM TUM  e TZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ aviso o pessoal que tenho um peixe, e eles apercebem-se logo que se trata de um bom peixe. O Mar não ajudava porque tinha força e estava a arrastar o peixe para uma fileira de pedras, desloquei-me para uma ponta de modo a conseguir controlar melhor. Consegui fazer com que o peixe fugisse a essa fileira, encaminho o peixe para a nossa beira mas o mar a varrer encosta o peixe para perto de outras pedras.... Ora FO$#/"%", corri por cima das pedras para evitar que a linha roçasse, já lá estava o Zé Pedro e o Urubu prontos para lhe deitar a mão. Peixe "controlado" foi só esperar por uma onda maior e consegui traze-lo, mas o peixe veio com velocidade e com o esforço parti a argola da ponteira.... Ao início pensei que tivesse partido a cana, mas depois de ver o novo ZéBeto (Zé Pedro) com o robalo debaixo do braço, olhei com calma e apercebi-me que tinha sido só a ponteira.
Com o peixe em seco é que nos apercebemos do tamanho do animal, era um verdadeiro Tronco!! Grande e largo, com um Prateado Lindo como nós gostamos :) Um troféu destes, entre Amigos.... Não há melhor!




Ora, estava com a cana "debilitada" porque tinha perdido a argola da ponteira, mas já tinha pescado e capturado peixe com uma Speedmaster partida a meio.... Toca a retirar a argola partida, e a pescar assim na mesma. ahahah Entre lançamentos sinto uma prisão, e senti peso..... Eles diziam que era uma linha que o Xinante tinha rebentado, mas eu sabia que as linhas não andavam para os lados!!! Um trabalhar esquisito que revelou um belo Ruivo!!! Lindo, vermelho mas claro o melhor era o Azulinho das barbatanas :)




Foto da praxe, e toca a mandá-lo de volta ao mar.
O momento caricato passou, inevitavelmente pelo Urubu..... A minha linha e a dele cruzaram, a amostra dele já estava na minha mão mas a minha linha continuava na água. Como estava difícil de safar, desmontei a zagaia dele e cortei a linha rente à zagaia. Retiro a minha linha da água, e quando vou a iniciar novo lançamento vejo o gajo de tesoura na mão e CORTOU-ME A LINHA!!!!!!!!!!
Ainda bem que o momento ficou filmado, para as pessoas verem o tipo de pescador que este gajo é! ahahahahahaha
Um facto curioso é que o Record do Rui é de 7,200... se lhe tivesse tocado a ele este robalo, igualaria o seu record, no mesmo dia do ano!!!