terça-feira, 13 de setembro de 2011

Hoje é dia 13, mas não é Sexta-feira!

Hoje de manhã saí bem cedo de casa para ir pescar com o meu pai. Como sempre, ia cheio de fé. Já o meu pai, que até nem é supersticioso, foi toda a viagem a dizer que as previsões eram de um mau dia de pesca todo o dia! E aliado a essas previsões até era dia 13!

Eu não tenho dúvidas que há vários factores que condicionam a pesca, desde a fase da lua, o tipo de maré e a fase em que se encontra, a temperatura, etc... tento levar vários desses factores em linha de conta quando decido ir pescar. Na verdade, e sem descurar a sua relevância, não são nem nunca foram os factores determinantes para me fazer sair de casa. Eu para ir pescar só preciso de uma boa companhia e de ter tempo para o fazer. Se calhar por isso carrego tantas grades, mas é a minha maneira de encarar este meu hobby!

Por sinal, as tais previsões, pelo menos desta vez falharam redondamente! Chegados ao spot escolhido, os toques sucederam-se e foi uma manhã bem animada de pesca. Pescamos 9 douradas, 8 sargos e 3 pequenos robalos (que engoliram o anzol até ao bucho e por isso os trouxemos). Nem nos iscos o peixe foi esquisito; comeram navalha, casulo e bicha do mar sem diferenças. Imaginem se a previsão tinha sido de um dia óptimo para pescar!


Tive foi pena que o meu cunhado Tiago (mais conhecido por "Xinante Atmosférico") não tivesse ido, pois da última vez que nos acompanhou foi a pior pesca do último ano em que só pescamos um pequeno sargo! A ser supersticioso, não ia era mais pescar com ele, pois sempre que vai dá um respo do caraças! Ahahahah!

Felizmente, e como referi ao meu pai na viagem até ao spot, hoje é dia 13, mas não é Sexta-feira! E a companhia, o solzinho que apanhamos e o belo almoço estavam sempre garantidos! Não se pode chamar a isto azar, seja em que dia for! E como diz o ditado: "Mais vale um mau dia de pesca, que um bom dia de trabalho"!