quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Paraíso

Segui de novo o chamamento
Pelo terceiro dia consecutivo
O que procuro é um momento
Pra combater o síndrome depressivo

A manhã calma augurava
Um resultado final discreto
Mas uma hora bastava
A mudar o que parecia certo

Pescar assim injecta
Nas veias um saudável vício
Não há fadiga que impeça

Voltar ao nosso sitio
Paraíso com a pesca certa
Onde a ausência é um suplicio







Abraço a todos!

15 comentários:

  1. Tu agora vais ser o Rei das Douradas, é sempre a malhar forte e feio amigo!
    Os meus parabéns seu Douradeiro :), andas de mão quente.

    Abração
    Urubas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enquanto puder malhar nelas, não me importo nada em ser o rei douradeiro.. é um espetaculo pesca-las e degusta-las ainda melhor!

      Abração Urubuzão.

      Eliminar
  2. Este vício é tramado
    e não é nada controverso
    qualquer um fica amarrado
    e até faz relatos em verso!

    Estás um pescador de alto nível
    Já ninguém duvida disso
    Mas que a verdade seja audível
    O teu Amigo contribui para este piço!

    Querias vir embora a meio
    Bem te disse para esperares
    Voltaste de saco cheio
    Sem do meu conselho te lembrares!

    Ahahahahahahah!

    Parabéns craque!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A verdade tem de ser dita
      Disseste pra eu ficar
      A dourada bonita
      Não tinha esperanças de pescar

      Mas não tinha alternativa
      O Albino assim obriga
      Tive de dar-lhes na gengiva
      Até encher a barriga

      Reforçaste-me a esperança
      Tiveste palpite certeiro
      O contributo para esta cagança
      Devo-o ao Paraíso em Aveiro


      kakakakakak.. estamos uns poetas do c...lho! Tinha de la ficar de qualquer maneira, mas não se admite a falta da referência nos versos ao teu reforço positivo pelo telefone.

      Obrigado por tudo amigo! Grande abraço.

      Eliminar
  3. Grande pescaria e grandes versos. Assim se comprova que neste blogue há grandes pescadores e simultaneamente grandes trovadores...
    Até à próxima pescaria e a novo êxito poético!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que a próxima pescaria seja breve.. elas andam lá com força.

      A poesia só serviu para desenjoar da prosa.. não é nada fácil rimar, mas reconheço que até fica engraçado.

      Grande abraço Sr.Cruz!
      Até breve

      Eliminar
  4. Kakakakakakakakaka!

    A pesca anda a fritar-nos a mioleira toda!

    Kakakakakakakakaka!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que tudo na vida fritasse a mioleira como isto.. um dia editas em livro o conteúdo do blogue e divides lucros.. kakakakakakakakaka!

      Abração

      Eliminar
  5. MAI NADA!
    Bem, estou rendido ao relato, à grande pescaria e claro está à capacidade criativa destes verdaeiros artistas do verso.
    Não há dúvida que a pesca libertou o poeta que existe em um de vocês.
    Parabéns Serginho e grande abraço

    ResponderEliminar
  6. MAI NADA!
    Bem, estou rendido ao relato, à grande pescaria e claro está à capacidade criativa destes verdaeiros artistas do verso.
    Não há dúvida que a pesca libertou o poeta que existe em um de vocês.
    Parabéns Serginho e grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tiago, mais uma vez deixo aqui o apelo: tens de vir mais vezes connosco e não tarda estás a poetizar com o pessoal.

      Abraço!

      Eliminar
  7. Parabéns ao grande homem e pescador
    Fiquei triste por não participar do festim
    Não me ofereço para trovador
    Para ti não toco meu bandolim;

    Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também lhe das um jeito Rui.. um dia destes temos de repetir a pescaria juntos.

      Abraço.

      Eliminar
  8. Boas pessoal,
    agora além de pescarem bem, deram para a boa poesia, muito bom.
    Bonita pesca pessoal e grande exemplo de camaradagem e do bom convívio.
    Abraços e boas pescas trovadoras.

    ResponderEliminar