domingo, 9 de junho de 2013

Abordagem saltitante dos spots

Eram 19 horas quando cheguei perto do mar. O horizonte carregado augurava chuvinha e o mar estava com uma cor fantástica. O vento era fraco e as ondas de cerca de 1,5m eram certinhas. Como a água, que tem teimado em permanecer fria, tinha subido para uns atípicos 14,5ºC, pude pela segunda vez este ano lançar os meus passeantes com mais fé. Os minutos foram passando e foram-se encarregando de me fazer entender que ainda não era desta que este ano me estreava à superfície...
Os fundos já começam a ser invadidos pelas algas, que dificultam o uso de jerkbaits especialmente em zonas baixas, mas servem de abrigo aos nossos amigos robalos. Depois dos passeantes, nada melhor que um vinilzinho para sondar o alguedo mais abaixo! Fui experimentando diferentes vinis, diferentes cores... e nada. Contrariamente ao habitual, em que escolho um spot e invisto nele quase toda a jornada de pesca, fui saltitando de cabeço em cabeço, incrédulo por não encontrar um peixe com tão boas condições. Alturas tantas, entre múltiplas tentativas, mal lanço num novo spot, sinto uma prisão. Seria alga? Não! Era a salvação da grade já anunciada! Maravilha! Não era grande, mas o prazer proporcionado foi! Engoliu o meu delalande laranja e amarelo vorazmente e dali já não saiu. Insisti mais 10 minutinhos sem sentir toque e continuei o meu percurso costeiro - fez-me lembrar as longas caminhadas nos rios truteiros.
Estava eu a chegar perto do meu carro, quando avisto outro pescador num spot onde já fui feliz. Resolvi ir dar duas de letra e ainda bem, pois tratava-se do Sr. Rebelo - um lobo do mar, ex-pescador do bacalhau na Gronelândia, que já me ensinou muito acerca daqueles spots. Há muito tempo que não o encontrava e pudemos pôr a conversa em dia. Enquanto falavamos, o Sr. Rebelo engata um robalote (com um jerkbait pequenino a passear entre a floresta de algas!) e convida-me para fazer uns lançamentos ao seu lado. Com todo o gosto voltei a dar banho ao vinil - um branquinho e prateado; não demorou nada, lá estava ele na boca de outro labrax! Como era pequeno, teve direito a voltar ao mar; o vinil, esse, ofereci-o ao Sr. Rebelo que nunca os tinha usado e ficou todo contente. É engraçado que muita malta nova tem por vezes aversão a experimentar novos artificiais e este senhor de cabelos brancos parecia uma criança a quem dão um presente!
A chuva começou a cair e que bem sabia! Apesar da temperatura amena, o calor do fato que me ajudou nas múltiplas travessias e o "bafo" das ondas a rebentar nas rochas, foram amaciados pelas pingas milagrosas.
Aproximava-se o fim da jornada e era a altura de usar o esplendoroso azul e branco na despedida. Como começa a ser habitual, nos últimos lançamentos, nos descontos (especialmente no minuto 92!), engatei o meu terceiro e maior exemplar, que me fez companhia até casa.
De agora em diante acho que vou apostar mais vezes nesta abordagem "saltitante" dos spots...




Abraço malta!

14 comentários:

  1. Deu frutos esses teus saltinhos entre spots! Belos peixinhos... grades não é contigo, safas-te sempre amigo.

    Com este relato fizeste-me lembrar os tempos em que pescava à borrachinha pelos areais fora... sempre a saltar.

    Abração.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos de dar um salto é a S. Jacinto que o Cotinha anda tolo por lá ir!

      Eliminar
  2. Boas José Pedro,

    Também costumo apostar toda a jornada num spot mas por vezes saturo e também dou uns saltinhos, que raramente têm resultado.:)

    Abraço e continuação de boas pescarias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá José! Há que ir saltando e tentando a sorte... Abraço!

      Eliminar


  3. Grande Zé..hehehe..desta vez foste tu que fizeste de Saltitão..:-)
    Belo par de Robalos amigo..:-)Venham mais desses pescador.
    Um grande abraço

    Luís Malabar

    ResponderEliminar
  4. É como dizes companheiro inovar e "saltar",grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como é grande Nuno, tens dado uns saltos às corvinas ou ainda andas nas douradas? :)
      Abraço!

      Eliminar
  5. Boas José Pedro,

    Mais que essa abordagem saltitante que tiveste devo dizer quer apreciei essa capacidade azul e branca de ganhar nos descontos lol

    Belos peixes esses, uma raridade hoje em dia, isto anda muito esquisito este ano, infelizmente.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Armando!
      Isto só anda esquisito nos robalos, porque no resto mantém-se a normalidade, seja aos 92' ou quando for! ;) LOL

      Abração!

      Eliminar
  6. Como sabes o teu amigo também também é grande adepto sos saltinhos :), quando o peixe lá está é logo nos primeiros lançamentos.
    Valeu bem a pena andar de poiso em poiso, foste recompensado :)
    Parabéns amigo.

    Abração

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade que há poucos santinbancos como o Saltonmaster Urubu! LOL
      Abração!

      Eliminar
  7. Boas José Pedro ;)

    Desde já os meus parabéns à malta pelas excelentes pescarias passadas e aqui postadas , grandes pescas mesmo e excelentes jornadas .
    Em relação a esta jornada, pelo que se tem visto nos últimos tempos foi uma jornada muito bem conseguida e talvez graças a essa estratégia de saltitar pedra em pedra.Pessoalmente acho sempre uma boa estrátégia pois ás vezes eles andam quase ao nosso lado e quando pensamos que não há lá peixe não é a verdade , pois uns metros ao lado podemos bem safar a nossa jornada :)

    Abraço e continuem !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Inácio! ;)
      Também gosto muito do vosso blogue e grupo de Amigos e sigo regularmente as vossas (engraçadas) aventuras!
      Keep saltitando! ;)

      Abração!

      Eliminar
  8. Boas José Pedro,
    embora o meu tipo de pesca seja completamente diferente do vosso, conseguem-se bons resultados com as constantes mudanças de spots, até dar com o peixe, depois é aproveitar ao máximo enquanto eles lá estão, na minha zona a malta do spinning vai correndo as praias e caneiros sempre na constante busca de robalos, é muito raro apostarem apenas num só spot.
    Um grande abraço e continuação de bons lances

    ResponderEliminar