sexta-feira, 2 de agosto de 2013

As desejadas douradas

Estando o meu amigo Zé Pedro por terras açoreanas entretido com pescarias memoráveis e eu a queimar os últimos dias de férias, decidi fazer uma investida ao sítio que me viu crescer como pescador.

Iscos comprados e material às costas, lá fui eu rumo ao pesqueiro que tantas alegrias me deu no ano passado. Se tudo corresse como planeado, teria uma bela manha de pesca até o "baixa mar".

Chegado ao pesqueiro, escolho uma pedra confortável e faço uns lançamentos, mas nada.. Vou saltando de pedra em pedra, até que saco o primeiro exemplar do dia... Uma bela dourada com cercar de 800g. Depois foi o frenesim habitua - peixe activo ao máximo e algumas ferragens com sucesso. Resultado final, 3 douradas idênticas e 2 bons sargos com cercado 1Kg cada; 5 belos peixes.
Entretanto, já a maré enchia, o frenesim tinha acabado e voltei para casa todo contente com os meus peixinhos.



Pela pescaria e exemplares, voltei ao pesqueiro 2 dias depois com esperança de fazer o gosto ao dedo e as esperanças não saíram defraudadas... consegui mais 4 belas douradas irmãs das anteriores e 2 sarguinhos mais pequeninos.
Apesar da pesca divertida, desta vez passei a maior parte do tempo a montar tensos.. nunca tinha perdido tanto anzol e chumbeira como desta vez, mas também não tive vontade de sair do spot, pois as investidas do peixe e ferragens sucediam-se a bom ritmo (tão bom quanto os anzóis e chumbeiras perdidos). A curiosidade da história, e para grande espanto meu,  foi que quando já arrumava o material para vir embora, vejo um barco de pesca profissional a recolher uma rede que esteve montada durante toda a maré, a cerca de 10 metros do local onde pescava... aqueles pescadores não só pescaram o que naturalmente ficou nas redes mas também todos os meus anzóis e chumbeiras que dei como semeados no mar durante toda a manha.

Vim calmamente embora com sentimento de injustiça e impunidade a que este país já me habituou.

Abraço.

3 comentários:

  1. Grande Serguei Kukonuts! Imparável a dar nas douradas! Eu este ano nem lhes vejo a cor - nem grandes nem pequenas! :)
    Temos de lá voltar que pelo menos o período pós-pesca está sempre bem garantido! :)

    ResponderEliminar
  2. Bem bom amigo, vê lá se convidas os amigos para dar ao bigode ahahahahhahahahah!
    Parabéns pela boa pesca, melhor do que a nossa caminhada :)

    Abração Cucu "jães".

    ResponderEliminar
  3. Uma bela pescaria, Sérgio! Para mais num ano em que as douradas parece que andam fugidas. Talvez Setembro seja melhor. E como se diz no futebol, jogar em casa é sempre importante!
    Parabéns.

    ResponderEliminar